quarta-feira, 12 de setembro de 2012

OS APELOS PARA EXPLICAR A HOMOFOBIA!



A obra, com tradução de Guilherme João de Freitas Teixeira, tem como objetivo fornecer alguns elementos de reflexão a propósito de um fato cuja problematização elabora-se atualmente: a homofobia – um fenômeno complexo e variado que pode ser percebido nas piadas vulgares que ridicularizam o indivíduo efeminado, podendo, muitas vezes, assumir formas mais brutais, chegando até a vontade de extermínio.
Pensando por esta dinâmica é um tanto normal que para maquiar a homofobia se utilize de argumentos apelativos ou até imagens apelativas para justificar a ausência de respeito mútuo, pois como diz um provérbio antigo: " Não precisamos amar, apenas respeitar!" O que não pode ser esquecido é que a vulgaridade, a postura deselegante, enfadonha, ridícula, ou até ofensiva em uma dimensão moral pode ser exalada por homossexuais, heterossexuais, bissexuais ou seja lá a determinação sexual que o indivíduo revele. Lembremo-nos todos, postura ética, caráter é uma constituição interna que não se postula pela cor, raça, gênero sexual ou religião.
Estas são apenas reflexões para aqueles que não conseguem  ver para além das estratégias maldosas e preconceituosas!


Sobre o autor – Daniel Borrillo, argentino radicado na França, é diplomado em Jurisprudência pela Universidade de Buenos Aires e professor de Direito na Universidade de Paris X – Nanterre, além de pesquisador associado do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica). Especialista em reputação internacional sobre as questões jurídicas associadas à discriminação, aos direitos das minorias e aosgender studies.

Fonte de suporte: http://agencialgbt.com.br