domingo, 29 de abril de 2012

APRENDENDO COM CHER! ELA SE REINVENTA!


Cher, nascida como Cherilyn Sarkisian em 20 de maio de 1946, é uma cantora, atriz, apresentadora, diretora e produtora cinematográfica e musical dos Estados Unidos. Apelidada de "Deusa do Pop", ela ganhou um Oscar, um Grammy, um Emmy, três Globos de Ouro e um prêmio do Festival de Cannes, entre outros, por seu trabalho no cinema, na música e na televisão. Ela é a única pessoa na história a receber todos esses prêmios.
FONTE DE SUPORTE: Wikipédia


PONDERANDO: Cher é considerada uma profissional de alto gabarito, carrega consigo a característica singular de encantar, em suas apresentações é dinâmica, surpreendente e não dispensa glamour e muito brilho. É nela que milhões de fãs se projetam quando o assunto é se reinventar, revelar-se sempre de maneira a postar sua assinatura em seu trabalho.


APRENDENDO COM CHER: Proponho que tenhamos um pouquinho de Cher em nossa dinâmica, reinventar-se, surpreender, tornar o palco um universo carregado de vida talvez seja a receita para que espantemos pessoas monótonas e rancorosas de nosso círculo de convívio. E mais, sempre que alguém tentar puxar seu tapete reinvente-se e brilhe muito diante do que é e faz no mundo. Ele também é espaço seu! 



VEJAM QUE BELEZA, QUE ESPETÁCULO!



E MAIS!




ESSA É  NOSSA INCRÍVEL CHER! VAMOS APRENDER COM ELA!

quarta-feira, 25 de abril de 2012

CUIDADO COM OS PALHAÇOS!







PONDERANDO:

Todos temos, bem constituída a representação que o palhaço eleva quando trazemos sua identidade a nossa memória: alegria, diversão, peraltices, o inusitado pode acontecer quando ele entra em cena.
Mas temos uma outra versão para a ideia de palhaço?
Já se ouviu algo do tipo: “Estão me fazendo de palhaço!" Veja só: Surge uma outra representação, aquela onde o sujeito está sendo passado pra trás, ignorado, coisificado, feito de bobo! Entra a baila então à aprendizagem, pois podemos até ser palhaços enquanto não tirarmos a maquiagem, depois é uma outra história: CUIDADO OS PALHAÇOS TAMBÉM SÃO PESSOAS PORTADORAS DE ASTÚCIA!





ASSIM, UM ALERTA, NÃO SUBESTIME OS PALHAÇOS!
   

domingo, 22 de abril de 2012

Três Macacos Sábios: NÃO ouça o mal. NÃO veja o mal. NÃO fale o mal.


O três macacos são conhecidos como “Três Macacos Sábios” (também chamados “Sanzaru” ou “Sanbiki no Saru”, traduzidos por “Três macacos”) e representam uma lição de sabedoria gravada na porta do santuário de Toshogu, sepultura do Shogun Tokugawa Ieyasu, localizado na cidade de Nikko, Japão, tendo surgido, provavelmente, no século XVII. São os guardiões dos estábulos sagrados. 
Seus nomes são: “Mizaru”, o que cobre os olhos e não vê o mal; “Kikazaru” o que cobre os ouvidos e não ouve o mal; e “Iwazaru”, o que cobre a boca e não fala o mal. 
Eles querem dizer: “não veja o mal, não ouça o mal, não fale o mal”.
 
Segundo alguns autores, haveria um quarto macaco, chamado Shizaru , com as mãos sobre o abdômen para lembrar “não faça o mal”. 
Embora não haja comprovação, eles teriam sido levados ao Japão por um monge budista chinês no século VIII. 
Dizem que o Mahatma Gandhi carregava uma gravura dos Três Macacos Sábios em suas viagens para lembrá-lo constantemente dos três segredos da Sabedoria: “não ouça o mal, não veja o mal, não fale o mal”. 
É uma pena que o verdadeiro significado dos Três Macacos Sábios tenha se perdido.




CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA URI VIVE FEIRA DO LIVRO

Que bela vivência de inserção universitária na comunidade!
(Informações: Coord. do Curso) 




O Curso de Ciências Biológicas da URI esteve na Feira do Livro de Jaguari, nos dias 18 e 19 de abril com a bela “ Alice” que vive no País da Biologia. A novidade nesta edição, desta atividade, foi a presença de um espaço interativo onde os participantes podiam tirar fotos com a personagem vestidos como o seu grande amigo “O chapeleiro”. A adesão foi tamanha a proposta que o próprio Patrono teceu seus cumprimentos pela iniciativa e pela criatividade. Ao todo 280 crianças se fotografaram com direito a ganharem desenhos de Alice para pintura. Assim é a Biologia descobrindo na literatura maneiras de falar sobre educação ambiental.


Obs.: Outros Cursos da URI -Santiago também fizeram bonito com atividades criativas e interativas na Feira!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

DE QUE LADO DA CERCA VOCÊ ESTÁ?



O MENINO DO PIJAMA LISTRADO
Uma reflexão realizada por uma querida amiga de Curso Magistério do tempo em que fui normalista! Gostei e vou compartilhar!

ANTES DE QUALQUER COISA PONDERANDO:
QUAL DOS SUJEITOS ESTÁ DEFINITIVAMENTE CERCADO SE TRATANDO DE SEU PRÓPRIO RECONHECIMENTO?



Penso que na maioria das vezes aqueles que julgam-se com o poder de enjaular os sonhos e metas das pessoas são os mesmos que talvez estejam presos em cercas mentais mesquinhas limitados pela hipocrisia, o que escoa infelizmente, na inveja que muitas vezes jorra em tantos, como eu, você e outros que podemos somar a esta grande lista. Mas o segredo a aprender: o Universo devolve e transfere, por isso tudo é uma questão de justiça e tempo.

O FILME (UM RECORTE): Alemanha, Segunda Guerra Mundial. O menino Bruno (Asa Butterfield), de 8 anos, é filho de um oficial nazista (David Tewlis) que assume um cargo importante em um campo de concentração. Sem saber realmente o que seu pai faz, ele deixa Berlim e se muda com ele e a mãe (Vera Farmiga) para uma área isolada, onde não há muito o que fazer para uma criança com a idade dele. Os problemas começam quando ele decide explorar o local e acaba conhecendo Shmuel (Jack Scanlon), um garoto de idade parecida, que vive usando um pijama listrado e está sempre do outro lado de uma cerca eletrificada. A amizade cresce entre os dois e Bruno passa, cada vez mais, a visitá-lo, tornando essa relação mais perigosa do que eles imaginam.Fonte de suporte: http://www.adorocinema.com/filmes
QUE FANTÁSTICO, O FILME É TÃO RICO QUE NOS POSSIBILITA MÚLTIPLAS REFLEXÕES!

domingo, 15 de abril de 2012

APRENDENDO COM MIRANDA PRIESTLY: A DAMA DE FERRO!





Miranda Priestly (Meryl Streep) considerada a Dama de Ferro da moda mundial tem no filme “O diabo veste Prada” a grande tarefa de ajudar à recém-formada na faculdade de Jornalismo,  Andy Sachs (Anne Hathaway) utilizando uma prática institucional um tanto dura, a vencer seus medos e a melhorar seu “verniz” e sua “raiz” se fortalecendo face a um mundo carregado de maldade, competitividade, puxões de tapete e exigência por eficiência profissional.
Ao final da história vemos como a querida e inocente Andy Sachs está firme em seus propósitos e segura do que busca em sua trajetória pessoal e profissional.

FONTE DE SUPORTE: Wikipédia



PONDERANDO: MIRANDA PODE TER PECADO EM ALGUMAS CONDUÇÕES INSTITUCIONAIS, MAS SOUBE COM CLAREZA DEMARCAR SEU ESPAÇO AJUDANDO NO CRESCIMENTO DAQUELA QUE LHE CERCAVA.
MIRANDA... ESTOU A TE MIRAR...

QUE TAL!

                                                                               

ANINHA E SUAS PEDRAS!




Não te deixes destruir...
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.
(Cora Coralina)

sexta-feira, 13 de abril de 2012

DOS FEITIÇOS E DAS FEITIÇARIAS...

                   
(Autor desconhecido)
Assim disse O SÁBIO: 
- O encanto dos feitiços e das feitiçarias está também na capacidade da BRUXA ou BRUXO  em fazer o ritual das misturas e das fusões.
- Tudo é pura e viva magia.
MAS... DISSE O SÁBIO sem pestanejar:
- Para fazer a feitiçaria é preciso que o praticante arque com a responsabilidade do resultado de sua pajelança.
ACRESCENTA O SÁBIO:
- O grande problema é que muitos bruxos e bruxas além de não saberem conduzir com majestade a magia causam explosões desnecessárias pondo em xeque  um DIÁLOGO ENTRE OS INGREDIENTES.

EM SÍNTESE:
É fácil termos caldeirões e todos os adereços para fazer feitiçarias o complicado e termos bom senso para saber mediar os ingredientes!

PONDERANDO,QUE FIQUEM AS REFLEXÕES...


quarta-feira, 11 de abril de 2012

NÃO SE DEIXE INCOMODAR PELO MAU HUMOR DOS OUTROS!

Um colunista acompanhava um amigo a uma banca de jornais. O amigo cumprimentou o jornaleiro amavelmente, mas recebeu de volta um tratamento rude e grosseiro. Pegando o jornal que havia sido atirado em sua direção, o amigo do colunista sorriu polidamente e desejou um bom fim de semana ao jornaleiro. Quando os dois amigos desciam pela rua, o colunista perguntou:
- Ele sempre trata você com essa grosseria?
- Sim, infelizmente sempre foi assim...
- E você é sempre tão polido e amigável com ele?
- Sim, procuro ser.
- Por que você é tão educado, já que ele é tão grosseiro com você?
- Porque não quero que ele decida como eu devo agir.
ATENTEM PARA A MORAL DA HISTÓRIA!
A pessoa é seu próprio dono e não deve curvar-se diante do vento que sopra. Ela não pode ficar à mercê do mau humor, da impaciência e da raiva dos outros. Não são os ambientes que a transformam, mas ela que transforma os ambientes.
Fonte: O que podemos aprender com os gansos, de Alexandre Rangel.

sexta-feira, 6 de abril de 2012

EU SEI QUEM VOCÊ É...


(Autor desconhecido)
Eu sei quem você é disse o sábio.
Sei por que você trama mesmo dentro de minha casa.
Vejo você mesmo quando finge, oculta, engana, trama.
Sinto sua maldade no farfalhar de seus passos.
Dentro de minha casa espalha a discórdia.
Usa dos meios mais maldosos: mata, estrangula, sufoca e mente.

POR ISSO DIZ O SÁBIO:
Quando o peso da vara recair sobre teus ombros trazendo a verdade terá que revelar o teu sempre rosto perverso. E assim: o Deus dos valentes fará a devida justiça!

ENTÃO NÃO SE ENGANE: EU SEI QUEM VOCÊ É, E COMO VOCÊ TRAMA, APENAS ESTOU DEIXANDO O UNIVERSO AGIR...

Que belo ensinamento de autoria desconhecida, para um alerta aprendente!


segunda-feira, 2 de abril de 2012

PAGAMOS PEDÁGIO POR SERMOS JUSTOS?



Que interessante a fala de  Rui Barbosa:

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto."

Penso que ainda há esperança quando leio este belo fragmento de Che Guevara:

"Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros."

Assim, lembremo-nos: o Universo devolve e transfere, então cuidado com o que você deseja para seu semelhante!