segunda-feira, 2 de abril de 2012

PAGAMOS PEDÁGIO POR SERMOS JUSTOS?



Que interessante a fala de  Rui Barbosa:

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto."

Penso que ainda há esperança quando leio este belo fragmento de Che Guevara:

"Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros."

Assim, lembremo-nos: o Universo devolve e transfere, então cuidado com o que você deseja para seu semelhante!