quinta-feira, 12 de julho de 2012

DA PUTRUFEÇÃO EM VIDA: QUE PESSOAS SÃO ESSAS!

Olhando a palha babada que escorregava da boca de uma pobre vaquinha senti um certo asco, e me pus a pensar: pobre vaquinha, solitária derrubando palha babada naquele lugar que foi feito para ela, porque há lugares que são feitos para certos feudos.  O repúdio em manifesto que senti fez-me pensar em pessoas que transitando conosco nesta Casa Universal são piores que a “palha babada” da pobre vaquinha.  Perambulam feito assombro, totalmente podres, infestadas de maldade, frustração pessoal, fel, e ainda, adoram fazer ibope pela pedagogia da baderna, da desgraça alheia, e pior, cadastram-se como os “profetas da justiça!” Que palhaçada... Resta-me, nesta altura de minha reflexão perdoar, e me fragilizar com a pobreza espiritual de quem apodrece sem ver seu próprio desmanchamento.   E arremato: que o Senhor, pela Lei do Retorno, faça com que a justiça, a legítima, aquela que zela pela condição humana, que esta saia do sepulcro!